5 de fev de 2012

Fornecedores: Aparecida Blanc

Uma das escolhas mais difíceis para o casamento foi o vestido.
Já estava com quase tudo organizado e nada de conseguir decidir o que iria vestir no meu grande dia [já contei um pouco da minha saga aqui].
Sou bem tímida, então, não queria ser o centro das atenções, mesmo sendo noiva – apesar de saber que não tinha jeito de ser diferente.
Como me conheço bem, fui a algumas lojas, via o que tinham e nem vestia... no final das contas experimentei três vestidos, isso mesmo 1, 2 e 3, e já vi que não dava mesmo (sou bem diferente das fofas Mariana do Casamento by Ninha e Camila do Vou me casarem BH que ficaram na casa dos 70).
O que parecia era que eu estava “fantasiada-de-noiva", como se fosse mesmo a uma festa a fantasia e não ao meu casamento.
Lembrando que o casório foi em junho, eu já estava pensando em comprar um vestido de noiva caipira e fazer um grande arraiá rs.
Brincadeiras a parte, o negócio estava mesmo ruim pro meu lado... e o nervosismo tomando conta.
Até que mais uma vez a internet me salvou.
Comecei a entrar em vários sites e nada, mas em algum momento vi um vestido que tinha certeza absoluta que se eu casasse durante o dia ia ser com ele ou algo muito parecido. E logo pensei, quem o fez conseguirá me entender.
Então, encontrei a Aparecida Blanc.

o vestido inspirador... simples, romântico e muito mais
Fui parar em seu ateliê (que fica em uma linda cobertura no bairro Sion – a vista é maravilhosa, indescritível) sem nada na cabeça.
Ou melhor, eu sabia que não queria um vestido tomara que caia, no mais... nem sabia por onde começar a explicar o que realmente me interessava.
Foi uma noite de provas dos vestidos já prontos e muita conversa, até que decidimos que não era nenhum daqueles o meu vestido... que ela iria desenhar algo baseado no que conversamos e me enviaria.
Esse foi o momento de muitas-borboletas-na-barriga que durou até o desenho chegar.
Lindo, mas não era ainda o meu vestido.
Corri ao telefone e marquei nova visita, pois tinha certeza absoluta que dali realmente sairia um vestido como eu esperava (e que nem eu mesma sabia o que era).


Pensei em fazer um vestido igual ao da Julieta, aquela da tragédia com Romeu, mas... melhor não. Achei que ia chocar demais, que ia ser muito “figurino” e trágico. [pula essa parte] 

Queria algo romântico, um pouco vintage, fosco (não apagado), mas nada esteriotipado, nada à-moda-dos-antigos-como-está-na-moda-agora... não sabia mesmo definir.
Olhei tantas revistas que já estava enjoada de todos os modelos.
Deixei minha mãe em casa (ela gosta de brilhos) e fui com a minha irmã para o ateliê da Aparecida.
Cheguei lá com duas revistas, eu tinha gostado da parte de cima de um vestido e da saia de outro – tudo gostado mais ou menos, é claro.
Pensamos juntas as três... a Aparecida fez um esboço do que eu falava e me disse: “temos a parte de cima e a saia, o que colocar no meio?”
Quase chorei.
Tive quase certeza que não conseguiria sair dali com nada novamente.
Mas a Aparecida é uma fofa (fiquei fã de carteirinha) me acalmou e minha irmã ficou vendo revistas... até que em uma das que eu tinha levado achou algo.
Era um corte para a parte de cima do vestido com um caimento de saia lindo.
A Aparecida mais que depressa esboçou o vestido incluindo a saia do primeiro desenho e... vi ali O MEU VESTIDO.


Ela e minha irmã comemoraram muito e ficaram brincando que foi vestido a quatro mãos (claro que com meus palpites sempre cheios de dúvidas).
Acho que ninguém imagina como sai de lá aliviada.
Depois de algumas provas, das quais falei aqui, aqui, aqui e aqui... fui buscá-lo na véspera.
Ufa! Tudo estava certo.


Ah! Outra coisa que eu sabia desde o início é que eu queria usar mantilha.
E assim foi.


O resultado?
Aqui está... eu amei e recebi vários elogios.
Todos que sabem do meu jeito diziam: não tinha como ser mais a sua cara.

 
 
 
 
 
Ainda tenho uma linda lembrança que ganhei da Aparecida Blanc, uma caderneta de anotações linda.
A arte é de Ana Cunha.

16 comentários:

  1. Seu vestido é lindo e único. Sua felicidade, visível nas fotos, é o que toda noiva sonha.
    Eu me identifiquei muito com a sua saga (e também com o resultado dela). Meu vestido ainda está na segunda prova, mas tenho certeza de que nada, nenhum vestido pronto "cara de noiva" combinaria tanto comigo.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Amorzinho, tenho certeza que esse é o vestido mais lindo que já existiu..

    Além de lindinho demais(sua carinha,como mesmo disse),foi com ele que você me fez o homem mais feliz do mundo..

    Te amo Lindinha amor meu!!

    Beijosssssssss

    ResponderExcluir
  3. Isso mesmo flor! Acho q o vestido tem que ter a nossa carinha mesmo!
    E o seu tinha! Ficou muito bonito em vc! =)

    beijos
    www.comumpenoaltar.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, custei, mas consegui um com "a minha cara" ;)
      beijoss

      Excluir
  4. Lindíssimo seu vestido!
    Excelente escolha!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. O seu vestido é encantador!

    E eu tbm gostei mto do vestido da primeira foto..acho que é por causa da faixinha preta, clrao..=)))

    beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é... o vestido da primeira foto é lindo... foi amor a primeira vista.
      beijosss

      Excluir
  6. Vc ficou realmente linda com esse vestido!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Vc ficou linda!!
    Acho que o vestido tem que ser a cara da noiva mesmo..

    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... custou, mas saiu algo a minha cara ;)
      Bjs

      Excluir
  8. Vc arrasou de noiva! Eu ainda não fui ver vestido...


    Um beijo =)
    www.fuxicodenoiva.com.br
    http://casamentodossonhos-juefe.blogspot.com
    @fuxicodenoiva

    ResponderExcluir
  9. Vc ficou uma noiva lindissima!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Seu vestido foi lindo! Vc ficou linda! Adorei!

    ResponderExcluir
  11. Eu me senti exatamento como você quando comecei a ver vestidos! me sentia fantasiada de noiva. Não conseguia me imaginar com nenhum daqueles vestidos. Se eu tivesse ouvido falar da Aparecida, provavelmente até teria ido nela na ápoca. Mas não me arrependo da minha escolha. No final das contas, ficou exatamente como eu imaginava. Bjos.

    ResponderExcluir